“Grande Circo Místico” é o representante do Brasil na corrida do Oscar 2019

Grande circo místico

A Academia Brasileira de Cinema anunciou nesta terça-feira (11)  o seu representante na disputa para o Oscar 2019. O filme escolhido foi ” O Grande Circo Místico “, de Cacá Diegues. O filme é uma adaptação do poema homônimo do escritor alagoano Jorge de Lima 1893 – 1953) que fala sobre os membros de uma companhia circense.

“O Grande Circo Místico” conta a história de um jovem rico (Rafael Lozano) que se apaixona por uma performer de show de variedades (Bruna Linzmeyer). Como prova de amor ele dá um circo à amanda onde ela possa se apresentar. Um mestre de cerimônia (Jesuíta Barbosa) narra as desventuras da trupe ao longo de mais de cem anos. O filme, que foi lançado no Festival de Cannes, estreia nos cinemas do Brasil dia 15 de novembro.

Bruna Linzmeyer em O Grande Circo Místico, indicação do Brasil ao Oscar 2019

No ano passado, “Bingo: O Rei das Manhãs” foi o escolhido pelo Brasil, sem conseguir a indicação. Ao longo da história, apenas quatro filmes conseguiram uma indicação à categoria de Filme Estrangeiro: O Pagador de Promessas (1963), O Quatrilho (1996), O Que é Isso, Companheiro? (1998) e  Central do Brasil (1999), quando Fernanda Montenegro concorreu ao Oscar de Melhor Atriz. Em 2004, Cidade de Deus obteve quatro indicações: Diretor, Roteiro Adaptado, Montagem e Fotografia.